Sintomas de cálculo renal: saiba detectar e como tratar

Uma condição bastante comum entre a população em geral e que costuma causar fortes dores são as pedras nos rins. Embora o problema geralmente não evolua para complicações mais graves, em alguns casos ele pode, de fato, causar sérios danos à saúde. Por isso, é importante que você saiba reconhecer os sintomas de cálculo renal.

Neste artigo, vamos apresentar de forma clara e objetiva tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Continue a leitura, não perca!

O que é cálculo renal?

Para começar, é preciso esclarecer que cálculo renal e pedra nos rins se referem à mesma doença, a qual é caracterizada pela formação de pequenos cristais que ficam alojados nos rins ou em qualquer outra localidade do trato urinário.

Quais são as causas?

Basicamente, as causas desse problema se resumem à retenção de determinadas substâncias pelos rins, já que esses órgãos funcionam como uma espécie de filtro. Isso ocorre quando elas se apresentam em quantidades as quais o volume de líquido não é o suficiente para dissolver, impossibilitando que sejam expulsas por meio da urina.

Ao se concentrarem, ganharão volume e formarão as pedras. Cálcio, ácido úrico e oxalato são exemplos de elementos que as constituem: aproximadamente 75% dos cálculos renais são de cálcio.

O acúmulo de tais substâncias pode estar relacionado a uma série de fatores, como:

  • baixo consumo de água;
  • alimentação rica em sódio (sal);
  • problemas que possam interferir na absorção de cálcio.

Pessoas com histórico familiar da doença têm maiores chances de desenvolvê-la.

Mas então, quais são os sintomas de cálculo renal?

Agora que você já sabe as causas, veja a seguir alguns dos sintomas de cálculo renal:

  • náuseas e vômitos;
  • ardência ao urinar;
  • urina com sangue;
  • aumento da frequência urinária;
  • dores na lombar e que podem se irradiar para o abdômen e região genital.

Quando as pedras se encontrarem apenas dentro do rim, normalmente não haverá sintomas. No entanto, ao se movimentarem para outras partes do trato urinário, é muito provável que eles sejam experimentados.

No caso de obstrução do ureter, canal que liga os rins à bexiga, as dores tendem a ser fortes e difíceis de suportar, sendo muitas vezes o motivo para as náuseas e vômitos.

Já quanto à ardência ao urinar ou urina com sangue, a razão por trás desses sintomas é provavelmente a movimentação dos cálculos durante a micção: o sangramento pode indicar que houve uma lesão no aparelho urinário.

Como tratar?

Para finalizar, não poderíamos deixar de falar dos tratamentos que envolvem essa condição. Ao detectar os sintomas, não hesite em procurar ajuda médica, pois só a partir da avaliação de um profissional é que será possível especificar qual é a melhor forma de tratá-los.

Sobretudo, o tamanho e a posição na qual eles se encontram é que determinarão que tipo de procedimento será abordado. Quando consideradas pequenas, as pedras serão expelidas pela própria urina: o paciente será aconselhado a fazer uso de medicamentos analgésicos para aliviar a dor durante a micção.

Agora, tratando-se de pedras grandes, cuja dor seja muito intensa, será necessária uma intervenção cirúrgica. De qualquer modo, o melhor tratamento para os sintomas de cálculo renal é a prevenção: beba bastante água e tenha uma alimentação de qualidade.

Se você gostou deste artigo e quer ficar por dentro de outros assuntos relacionados à saúde, assine a nossa newsletter agora mesmo e receba os melhores conteúdos diretamente em seu e-mail!

Comentários

Posted by Dra. Cristina Carneiro