Vencendo a insônia na gravidez: 5 dicas incríveis

Durante a gravidez o corpo da mulher passa por muitas mudanças e algumas delas trazem grande desconforto. Além disso, seu estado emocional também pode se alterar, tanto em razão dos hormônios quanto pela expectativa da chegada do bebê e pelas incertezas de ser mãe.

O resultado de tantas mudanças pode se refletir em insônia, que ocorre quando a mulher sente dificuldade para dormir ou acorda muitas vezes durante a noite. O grande problema da insônia na gravidez é que ela causa fadiga para a mulher, que não pode perder as preciosas horas de descanso.

Contudo, é possível combater a insônia na gravidez, basta tomar alguns cuidados e mudar certos hábitos. Confira neste artigo algumas dicas para driblar a insônia, combatendo suas possíveis causas.

1. Não beba muita água perto da hora de dormir

Faz parte da rotina das grávidas ir ao banheiro diversas vezes ao dia. Isso também pode acontecer à noite e provocar a insônia. Para evitar esse problema, não beba muita água perto da hora de dormir.

O mesmo vale para outros líquidos, como os sucos e os chás. Embora as infusões de camomila, erva-doce e erva-cidreira possam ajudar a estimular o sono, prefira beber pequenas quantidades mais concentradas para inibir o desejo de ir ao banheiro no meio da noite.

2. Durma sobre o lado esquerdo do corpo

A falta de posição para dormir, especialmente nos três últimos meses de gestação, é uma grande causadora de insônia na gravidez. O tamanho da barriga impede algumas posições e pode causar falta de ar.

O mais cômodo para a grávida é deitar-se sobre o lado esquerdo do corpo utilizando travesseiros para deixar o tronco mais elevado e também um entre as pernas. Nessa posição o sangue circula melhor, o bebê fica bem posicionado e evitam-se dores lombares.

3. Informe-se e converse

A ansiedade em relação à hora do parto, as inseguranças e as incertezas de como é ser mãe podem interferir no estado emocional da gestante. O resultado desse abalo são pesadelos e dificuldade para dormir.

Para minimizar o problema procure informar-se o máximo possível sobre a gravidez, o parto, o pós-parto e também sobre como é a rotina da casa com um bebê.

Além disso, converse com seu parceiro, com familiares e amigos que possam compreender suas inseguranças e te apoiar neste momento. Sentir-se amparada é fundamental para aumentar a confiança e reduzir o estresse.

4. Cuide da sua alimentação

Cãibras e formigamentos nas pernas também podem levar à insônia na gravidez. Essas sensações são causadas por alterações na circulação sanguínea e podem ser evitadas com o aumento da ingestão de potássio e cálcio, encontrados na banana e nos derivados do leite, por exemplo.

Uma dieta equilibrada e nutritiva garante todas as funções orgânicas em equilíbrio e evitando bebidas e alimentos estimulantes você também previne a insônia. Então, após as 18 horas, procure não ingerir cafeína e guaraná, entre outras substâncias, que possam te manter acordada.

5. Utilize técnicas de relaxamento

As técnicas de relaxamento também contribuem para evitar a insônia na gravidez. Estimule o sono tomando um banho morno, escutando músicas tranquilas, lendo um livro, fazendo alongamentos ou praticando ioga, por exemplo.

O que você deve evitar

Além de estimular o sono, você também deve evitar situações que possam causar a insônia, como:

  • dormir a cada dia em um horário;
  • dormir em locais barulhentos ou com aparelhos eletrônicos ligados;
  • utilizar o celular e/ou o computador até tarde;
  • deixar as tarefas diárias se acumularem;
  • comer demais e/ou muito perto da hora de se deitar;
  • forçar a mente para dormir sem tentar relaxar.

Outro fator importante é nunca tomar remédios para dormir sem orientação médica, pois podem causar complicações sérias. Faça uso dos mesmos apenas se o obstetra liberar, sempre respeitando a dosagem receitada.

Seguindo essas orientações você conseguirá ficar livre da insônia na gravidez, terá boas noites de sono e uma gestação saudável. Você vai precisar de energia e disposição para cuidar do bebê, por isso procure solucionar os problemas que te impedem de dormir.

Temos muitas outras informações úteis e importantes sobre gravidez e saúde da mulher para compartilhar com você. Assine nossa newsletter e tenha acesso a todas elas!

Comentários

Posted by Dra. Cristina Carneiro