Você sabe quais são as principais vacinas para mulheres?

Cuidar da saúde é mesmo essencial para prolongar nossos dias, com uma vida mais saudável e livre de doenças. Para isso, as vacinas são essenciais. Começamos nossa relação com elas ainda na infância, com as gotinhas, e evoluímos para as incômodas injeções, que nos acompanham até a vida adulta. Para cada fase, um tipo de tratamento diferente.

Para o sexo feminino, os cuidados são ainda maiores. As vacinas para as mulheres possuem características específicas e previnem diversos males.

E você sabe quais são as principais vacinas com as quais toda mulher adulta deve se preocupar? Neste artigo você vai conhecer 8 vacinas que as mulheres precisam inserir em suas carteirinhas, mas que, algumas vezes, deixam passar despercebidas. Confira!

Tipos de vacinas para mulheres

Além das vacinas iniciais, que todos devemos tomar (BCG, Poliomelite, Tetravalente, difteria etc.), as mulheres precisam de doses extras de alguns medicamentos. Esses são de extrema importância para prevenir diversos problemas de saúde em diferentes momentos da vida.

  1. HPV

Esse tipo de vacina previne a infecção pelo HPV, doença que pode levar ao câncer de colo de útero. Para o setor privado, o medicamento está disponível para meninas a partir dos 9 anos de idade. A 1ª dose dessa vacina deverá ser acompanhada, futuramente, por mais 2. Deve haver intervalo de 1 e 6 meses entre cada uma delas.

As grávidas devem estar atentas, já que o uso é contraindicado para elas.

  1. Hepatite A

A hepatite pode ser fatal para adultos e por isso é importantíssima a vacina. Ela deve ser ministrada em 2 doses, com intervalo de 6 meses entre elas. É um medicamento que pode ser combinado com a vacina de hepatite B.

Grávidas em situações de risco podem tomá-la sob orientação médica.

  1. Hepatite B

A hepatite B é uma doença sexualmente transmissível e que também pode ser repassada de mãe para o bebê no útero. A prevenção pede a aplicação de 3 doses com a periodicidade de 0 + 1 + 6 meses.

Nos postos de saúde pública, a vacina está disponível para gestantes de qualquer idade e para mulheres até 29 anos.

  1. Meningocócica

Serve para imunizar adolescentes e mulheres adultas contra a meningite causada por Neisseria menigitidis — considerada uma das meningites bacterianas mais graves, pois causa infecção generalizada.

É indicada uma dose na infância e para mulheres vacinadas há mais de cinco anos. Gestantes em situações de risco podem fazer uso dessa vacina, desde que tenham supervisão médica.

  1. Febre amarela

Essa é uma vacina que deve ser tomada não só pelas mulheres, mas por todas as pessoas que frequentam áreas de florestas e cerrados. Ela deve ser ministrada, no mínimo, 10 dias antes da viagem com reforço a cada década, sendo obrigatória 2 doses ao longo da vida.

A vacina está liberada nas unidades de saúde pública e é contraindicada para gestantes ou mulheres que estão amamentando.

  1. Varicela

A prevenção da catapora é primordial para evitar que uma mulher grávida perca o bebê. Por isso é muito importante que a gestante esteja prevenida. O medicamento deve ser ministrado em 2 doses, com intervalo de 1 a 3 meses.

  1. Caxumba, rubéola e sarampo

Dessas 3 doenças, a rubéola é uma das mais traiçoeiras para grávidas. Quando a gestante desenvolve o problema, a possibilidade de o feto nascer com malformação congênita é alta.

É preciso que ao, longo da vida, as mulheres tomem 2 doses da vacina, com um intervalo mínimo de 30 dias entre as aplicações.

  1. Gripe

Esse tipo de vacina para mulheres na gravidez é essencial. Assim elas podem evitar complicações mais graves causadas pela gripe. O medicamento deve ser aplicado anualmente e está disponível na rede pública para gestantes, puérperas, idosos e grupos de risco.

Agora que você conhece as principais vacinas para mulheres, curta a nossa página no Facebook e tenha sempre dicas para cuidar da sua saúde.

Posted by Dra. Cristina Carneiro